domingo, 10 de setembro de 2017

Níveis de Liderança Cristã.

Resultado de imagem para liderancas

Texto: Josué 1.2-9

A Liderança Cristã é constituída de Níveis que ao logo da caminhada são alcançados pelos obreiros do Senhor. Consideramos três níveis a ser alcançados.
·     Nível um – é aquele que recebe a função e as pessoas o seguem em respeito a sua função, ou seja, são obrigadas por causa do cargo, mas ele mesmo não se mostra um verdadeiro líder.
Arão – filho de Anrão, escolhido como líder, mas não influenciou o povo de forma positiva, era um homem fraco e suscetível a vontade de povo, liderava somente por causa da posição, mas não alcançou o respeito da nação.
- Na primeira oportunidade a sós com o povo, sofreu a influência e levou o povo a adorar o bezerro de ouro. Êx 32.2-5
- Mesmo sendo uma fraca liderança, levantou-se contra Moises e com o apoio de sua irmã Miriam exigiu uma posição de honra espiritual mais privilegiada. Nm 12.1-15
Hofni e Finéias – filhos do Sumo Sacerdote Eli e serviam como sacerdotes em Siló. 1Sm 1.3
- Eram lideranças espirituais dentre o povo, mas não honravam o nome do Senhor, usavam a posição para tirar vantagem do povo de Deus e a cada dia iam acumulando pecado sobre pecado.  1Sm 2.12
- Utilizavam as coisas santas e se deitavam com as mulheres que serviam a porta do Tabernáculo, cometendo relações sexuais ilícitas. 1Sm 2.12
- Foram advertidos por Deus acerca de seu comportamento, mas não se arrependeram. 1Sm  3.12-14
Nadabe e Abiú – filhos do Sumo Sacerdote Arão, chamados como lideranças, serviam como sacerdotes, mas não honravam ao Senhor e faziam o povo de Israel pecar.
- Estiveram no Monte com Moisés e os setenta anciãos adorando a Deus e mesmo assim, não preservaram o estado original, mas foram desagradáveis a Deus. Êx 24.1-9
- Foram escolhidos por Deus, mas não fizeram caso disto. Êx 28.1,2
 - Ofereciam sacrifícios diante do Senhor, porém não tinham responsabilidade diante de Deus, usavam utensílios que não eram permitidos pela Lei do Senhor, o que lhes causou a morte. Lv 10.1,2 Nm 26.61
Joel e Abias – filhos do Sumo Sacerdote Samuel, mesmo sendo filhos da mais alta liderança de Israel e tendo responsabilidades diante de Deus e do povo, foram constituídos como juízes, mas eram homens ímpios e não honravam o Senhor. 1Sm 8. 1-3
- Não andavam nos caminhos de seu pai e não temiam ao Senhor, mas usavam a posição para receber suborno e perverter o direito dos necessitados. 1Sm 8.5
 - Em virtude de suas más obras, perderam a liderança de Israel e abriram a porta para uma nova dinastia real entre o povo constituindo Saul como rei de Israel. 1Sm 10.1
·     Nível dois – é aquele que recebe a função e promove algum crescimento na obra, as pessoas o seguem e o respeita pelas obras que ele fez, mas ainda não é um líder nato.
Baraque – filho de Abinoão, comandante dos exércitos de Israel, derrotou os cananeus e seu exército comandado por Sísera general do rei Jabim. Jz 4.6,7
- Foi convocado por Deus para ser líder e pelejar pelo povo de Israel, mas não depositou a confiança totalmente em Deus, mas em Débora, uma juíza de Israel. Jz 4.8
Sansão – filho de Manoá, escolhido por Deus desde o ventre de sua mãe, para ser líder em Israel, realizou grandes façanhas, seu sucesso foi esporádico e de curta duração, pois não se firmou como líder em Israel por causa de seus pecados. Jz 16.30
- Tinha um chamado de Deus para exercer a liderança em Israel, mas apesar das grandes façanhas realizadas, filiou-se ao inimigo casando-se com uma mulher filisteia. Jz 14
- Governou sobre Israel por 20 anos, mas não se consolidou como líder, pois, cedeu a beleza de uma prostituta chamada Dalila entregando assim o seu legado. Jz 15.4-20
Eli – descendente de Arão e de Itamar, chamado para exercer a função de Sumo Sacerdote em Israel, apesar da função de liderança em Siló, não se tornou um líder nato e reconhecido, pois falhou na instrução de seus filhos. 
- Perdeu a liderança sobre seus filhos quando tolerou os pecados por eles cometidos. 1Sm 2.22-24
- Sua linhagem foi rejeitada, por causa da sua falta de postura em repreender os seus filhos. 1Sm 2.28-30; 3.12-14
Saul – filho de Quis, primeiro rei de Israel. Este rei foi pedido pelo povo e escolhido por Deus, apesar da escolha não se firmou como líder de Israel, ainda que tenha feito grandes façanhas e obteve por um tempo o respeito do povo que o seguia.
- Escolhido para ser rei e viver em obediência as ordens de Deus emanadas através de seus profetas, neste aspecto Saul fracassou. 1Sm 8.4-9;
- Orientado por Samuel acerca da obediência a Deus e de seus propósitos, assumiu a liderança da adoração e ele mesmo ofereceu sacrifícios, algo que não lhe era permitido. 1Sm 13.8-14 
- Uma segunda oportunidade para obedecer às ordens de Deus repassadas pelo profeta Samuel e mais uma vez, este que fora chamado para liderar, fracassa e não atenta para ordem de Deus, recebendo por isso a rejeição e a perda da posição de rei de Israel. 1Sm 15.18-23
·          Nível três – é aquele que é respeitado pelo que é, e do que representa; suas obras são reconhecidas, as pessoas o seguem como um verdadeiro líder, pelo exemplo de liderança.
Moisés – filho de Anrão, escolhido por Deus para uma grande obra, se firmou como líder de Israel até o fim de sua vida terrena, influenciou a nação e deixou um legado invejável.
- Foi legislador da aliança mosaica no Sinai, onde fez um pacto através da promulgação das Leis Divinas, através desta, guiou o povo no deserto até a terra prometida. Êx 19.3-8
- Foi o porta-voz de Deus para o povo, levando todos ao pleno conhecimento de Deus e de sua vontade. Êx 20.18,19
- Exaltado como líder, devido a sua comunhão intima com Deus. Nm 12.6-8; Dt 34.10-12
- Como líder obteve a confiança do povo. Êx 14.31
- Obtia a orientação de Deus para guiar o povo, pois o Senhor falava com Moisés. Êx 33.8,9
- Ele orou por Israel, falou ousadamente como seu advogado diante do Senhor, e encorajou o povo a olhar além dele, próprio, para Deus. Êx 32.11-14; 34.10; Nm 14.13-20
Josué – filho de Num, escolhido por Deus para liderar o povo após a morte de Moisés, se manteve integro as Palavras proferidas por Moisés e aos Escritos sagrados, perseverando em seguir ao Senhor até o fim de sua vida.
- Apresentou-se como futura liderança em momentos marcantes na vida de Moisés, quando eram necessário homens de fé e atitude, venceu os medos e enfrentou os inimigos. Êx 17.8-13
- Foi um dos doze espias na terra prometida, e como líder nato enfrentou os demais que diziam ser impossível conquistar a terra, por sua coragem junto a Calebe recebeu uma promessa de entrar na terra e receber uma herança ali. Nm 13.1-16; 14.6, 30,38;
- Foi escolhido por Deus para estar à frente do povo antes mesmo da morte de Moisés, pois sua liderança como sucessor, fora reconhecida e nele havia o Espírito de Deus. Nm 27.18-23
- Foi fortalecido pelo líder maior a permanecer firme nas promessas de Deus. Dt 1.38; 3.28
- Líder espiritual e militar do povo, recebeu instruções divinas para a organização do povo, Deus falava diretamente com ele. Js 1.1-9
Samuel – filho de Elcana, ele se tornou um grande líder em Israel, Sumo Sacerdote, Juiz e Profeta, influenciou a nação de Israel e fez a vontade de Deus todos os dias de sua vida.
- Convocou o povo ao arrependimento e a adoração a Deus, sendo vitorioso logo após, erguendo um monumento a Deus em Mispa ao qual chamou Ebenézer. 1Sm 7.2-15
- Foi confirmado como profeta desde Dã até Berseba, pois, nenhumas de suas palavras caiam por terra. 1Sm 3.19, 20
- Ungiu a rei de Israel somente aqueles que foram determinados por Deus, obedecendo ao mandado do Senhor.  Saul e Davi. 1Sm 10.1; 16.12, 13
- Era firme em cumprir as decisões determinadas por Deus. 1Sm 15.33-35

Mensagens Bíblicas Cristo Vive

Este artigo está liberado para todos os tipos de cópias, desde que não seja com fins lucrativos. É solicitado que ao copiar seja citado o nome do autor e da fonte da coleta ao lado do link ativo. Pr. Jules Rimet; Palavra Revelada (Rhema); http://www.prjulesrimet.blogspot.com

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

A Presença de Deus e sua ausência.


Texto: Isaias 57.15

Muitos acreditam ter a presença de Deus, mas mediante as circunstâncias da vida percebem que Deus não habita com quem age falsamente.
·     A arca da aliança representava a presença de Deus, mas Hofnis e Finéias foram mortos, porque tinham a arca, mas não tinham a presença de Deus. 1Sm 4.4-11
Mandou, pois o povo trazer de Siló a arca do Senhor dos Exércitos entronizado entre os querubins: os dois filhos de Eli Hofnis e Finéias, estavam ali com a arca da Aliança de Deus. Sucedeu que vindo a arca da aliança do Senhor ao arraial, rompeu todo o Israel em grandes brados, e ressoou a terra. Ouvindo os filisteus a voz de jubilo, disseram: que voz de grande júbilo é esta no arraial dos hebreus?...
·     Sansão acreditava que Deus permaneceria com ele em pecado, após ser traído por Dalila tentou mais uma vez enfrentar os filisteus, mas o Senhor já tinha se retirado dele. Jz 16.20
E disse ela: os filisteus vêm sobre ti, Sansão! Tendo ele despertado de seu sono, disse consigo mesmo, sairei ainda desta vez como dantes e me livrarei, porque ele não sabia ainda que já o Senhor tinha se retirado dele.
·          A arca ficou 20 anos na casa de Abinadabe, porém ele não foi abençoado pelo Senhor, pois, não tinha um coração reto, tinha a arca, mas não tinha a presença de Deus. 1Sm 7.1,2
Então vieram os homens de Quiriate-Jearim e levaram a arca do Senhor a casa de Abinadabe, no outeiro; e consagraram a Eleazer seu filho, para que guardasse a arca do Senhor. Sucedeu que, desde aquele dia, a arca ficou em Quiriate-Jearim, e tantos dias se passaram, que chegaram a vinte anos; e toda a casa de Israel dirigia lamentações ao Senhor.
·        A arca ficou apenas três meses na casa de Obede-Edom e este foi muito abençoado, pois temia verdadeiramente ao Senhor. 2Sm 6.10,11
Por este motivo ele desistiu de levar a Arca do Senhor direto para a Cidade de Davi. Em vez disso, levou-a para casa de Obede-Edom, de Gate. A arca do Senhor permaneceu na casa dele por três meses, e o Senhor o abençoou grandemente, bem como toda a sua família.
·        O povo de Israel perdeu a peleja contra o povo da cidade de Aí mesmo Josué certo que o Senhor estava com eles, mas o anátema trouxe a derrota para o povo. Js 7.1-13
Entretanto, os israelitas foram infiéis com relação ao Herém, Anátema, ao que fora consagrado à destruição. Acã, filho de Carmi, neto de Zabdi, bisneto de Zerá, da tribo de Judá, apossou-se de alguns objetos que estavam sob anátema; e por isso a ira de Yahweh acendeu-se contra Israel...
[dispõe-te e santifica o povo e dize: santificai-vos para amanhã, porque assim diz o Senhor, Deus de Israel: há coisas condenadas em vosso meio, ó Israel; aos vossos inimigos não podereis resistir, enquanto não eliminardes de vosso meio as coisas condenadas]
·          Deus promete a Moisés a presença do anjo guiando os exércitos de Israel, mas Moisés roga a própria presença do Senhor. Ex 33.1,2; só aceita a própria presença de Deus. Ex 33.12-16
Disse o Senhor a Moisés: Vai, sobe daqui, tu e o povo que tiraste da terra do Egito, para a terra a respeito da qual jurei a Abraão, a Isaque e a Jacó, dizendo: a tua descendência a darei. Enviarei o anjo adiante de ti; lançarei fora os cananeus, os amorreus, os heteus, os ferezeus, os heveus e os jebuseus.
Disse Moisés ao Senhor: Tu me dizes: faze subir este povo, porem não me deste saber a quem hás de enviar comigo, contudo, dissestes: conheço-te pelo teu nome; também achastes graça aos meus olhos. Agora pois se achei graça aos teus olhos, rogo-te que me faças saber neste momento o teu caminho, para que eu te conheça e ache graça aos teus olhos e considera que esta nação é teu povo. Respondeu-lhe: a minha presença irá contigo, e eu te darei descanso. Então lhe disse Moisés: se a tua presença não vai comigo, não nos faça subir deste lugar. Como pois se há de saber se achamos graça aos teus olhos, eu e o teu povo? Não é porventura, em andares conosco, de maneira que somos separados, eu e o teu povo, de todos os povos da terra?
·          Assim como Moisés ergueu a serpente de bronze no deserto para curar os israelitas que eram atacados por serpentes ardentes, ainda hoje tem gente adorando a serpente como símbolo de livramento e da presença de Deus. Nm 21.4-9 (Neustã) 2 Rs 18.4
Então partiram do monte Hor, pelo caminho do mar vermelho, a rodear a terra de Edom, porem o povo se tornou impaciente no caminho. E o povo falou contra Deus e contra Moisés: porque nos fizestes subir do Egito, para que morramos neste deserto, onde não há pão nem água? E a nossa alma tem fastio deste pão vil, então o Senhor mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que mordiam o povo; e morreram muitos do povo de Israel. Veio o povo a Moisés e disse: havemos pecado, porque temos falado contra o Senhor e contra ti, ora ao Senhor que tire de nós as serpentes. Então Moises orou pelo povo. Disse o Senhor a Moisés: faze uma serpente abrasadora e põe-na sobre uma haste, e será que todo mordido que a mirar viverá. Fez Moisés uma serpente de bronze e a pôs sobre uma haste; sendo alguém mordido por alguma serpente, se olhava para a de bronze, sarava.
Removeu os altos, quebrou as colunas e deitou abaixo o poste-ídolo; e fez em pedaços a serpente de bronze que Moisés fizera, porque até aquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso e lhe chamavam Neustã.
·          Nadabe e Abiú filhos de Arão oficiavam ao Senhor como sacerdotes, porém os seus corações não eram sinceros perante o Senhor de forma que Deus os matou diante do altar quando ofereciam fogo estranho. Lv 10.1-7
Nadabe e Abiú, filhos de Arão, tomaram cada um o seu incensário, e neles puseram fogo estranho perante a face do Senhor, o que lhes não ordenara. Então saiu fogo de diante do Senhor e os consumiu; e morreram perante o Senhor. E falou Moisés a Arão; isto é o que o Senhor disse: Mostrarei a minha santidade naqueles que se cheguem a mim e serei glorificado diante de todo o povo. Porem Arão se calou. Porem Moises chamou a Misael e a Elzafã filhos de Uziel, tio de Arão, e disse-lhes: chegai, tirai vossos irmãos de diante do santuário, para fora do arraial. Cheguaram-se, pois, e os levaram nas suas túnicas para fora do arraial, como Moisés tinha dito. Moisés disse a Arão e a seus filhos Eleazer e Itamar; não desgrenheis  os cabelos, nem rasgueis as vossas vestes, para que não morrais, nem venha grande ira sobre toda a congregação; mas vossos irmãos, toda a casa de Israel, lamentarão o incêndio que o Senhor suscitou. Não saireis da porta da tenda da congregação, para que não morrais; porque está sobre vos o óleo da unção do Senhor. E fizeram conforme a palavra de Moisés.

Mensagens Bíblicas Cristo Vive


“Subsídios da Bíblia de Estudo Pentecostal, edição Almeida Revista e Corrigida”.
Este artigo está liberado para todos os tipos de cópias, desde que não seja com fins lucrativos. É solicitado que ao copiar seja citado o nome do autor e da fonte da coleta ao lado do link ativo. Pr. Jules Rimet; Palavra Revelada (Rhema); http://www.prjulesrimet.blogspot.com


terça-feira, 15 de novembro de 2016

A Obra do Espírito Santo.(Pneumatologia/Paracletologia)

Resultado de imagem para paracleto 
Texto: Genesis 1.2

A.       O Espírito Santo em Relação à Criação e à Revelação.
1.       Sua atividade na Criação. Gn 1.2; Jó 33.4;
2.       Outorga vida às criaturas de Deus. Gn 2.7; Jó 33.4; Sl 104.30;
3.       Inspirou os profetas e apóstolos. Nm 11.29; Is 59.21; 2Tm 3.16; 2Pe 1.21; Mq 3.8; Zc 7.12;
4.       Fala através da Palavra. 2Sm 23.1, 2; At 1.16-20; Ef 6.17; Hb 3.7-11; 9.8; 10.15;

B.  O Espírito Santo em relação a Jesus cristo.
1.       Jesus foi concebido em Maria pelo Espírito. Mt 1.18,  20-23; Lc 1.34, 35;
2.       Foi cheio do Espírito Santo. Mt 3.16, 17; Mc 1.12, 13; Lc 3.21, 22; 4.1;
3.       Pregou no Espírito. Is 11.2-4; 61.1, 2; Lc 4.16-27;
4.       Realizou milagres pelo poder do Espírito. Is 61.1; Mt 12.28; Lc 11.20; At 10.38;
5.       Batizará os crentes no Espírito Santo. Mt 3.11; Mc 1.8; Lc 3.16; Jo 1.33; At 1.4, 5; 11.16;
6.       Promete o Espírito Santo como Consolador. Jo 14.16-18, 25, 26; 15.26, 27; 16.7-15;
7.       Promete que o ministério do Espírito fruirá através dos crentes. Jo 7.37-39;
8.       Revela-se aos crentes pelo Espírito. Jo 16.13-15;
9.       Ofereceu-se na cruz mediante o Espírito. Hb 9.14;
10.    Ressuscitou dentre os mortos pelo Espírito. Rm 1.3, 4; 8.11;
11.    Recebeu o Espírito da parte do pai. Jo 16.5-14; At 2.33;
12.    Derramou o Espírito sobre os crentes. At 2.33;
13.     É glorificado pelo Espírito. Jo 16.13, 14;
14.    O Espírito ora pela sua volta. Ap 22.17;

C.O Espírito Santo em relação à Igreja.
1.       Habita na Igreja como seu templo. 1Co 3.16; Ef 2.22; Ag 2.5;
2.       É derramado como chuva sobre a Igreja. At 1.5; 2.1-4; 16-21; Is 32.15; 44.3; Os 6.3; Jl 2.23-32;
3.       Fala à Igreja. Ap 2.7, 11, 17, 29; 3.6, 13, 22;
4.       Produz comunhão na Igreja. 2 Co 13.13; Fp 2.1;
5.       Une a Igreja. 1Co 12.13; Ef 4.4;
6.       Dá dons a Igreja. Rm 12.6-8; Ef 4.11;
7.       Fortalece a Igreja com manifestações sobrenaturais. At 4.30-33; 1Co 12.7-13; 14.1-33;
8.       Designa líderes para a Igreja. At 20.28; Ef 4.11;
9.       Opera através de pessoas cheias do Espírito Santo. At 6.3, 5, 8; 8.6-12; 15.28-32; Nm 27.18; JZ 6.34; 1Sm 16.13; Zc 4.6;
10.    Dá poder aos pregadores. 1Co 2.4;
11.    Comissiona homens de Deus. At 13.2-4;

D.     O Espírito Santo em relação aos crentes pessoalmente.
1.       Habita em todo verdadeiro crente. Rm 8.11; 1Co 6.15-20; 2Co 3.3; Ef 1.13; Hb 6.4; 1Jo 3.24; 4.13;
2.       Convence o pecador de seu pecado. Jo 16.7-11; At 2.37;
3.       Regenera o perdido. Jo 3.5,6; 14.17; 20.22; Rm 8.9; 2Co 3.6; Tt 3.5;
4.       Comunica-nos o amor de Deus. Rm 5.5;
5.       Faz-nos conscientes de que Deus é nosso Pai. Rm 8.14-16; Gl 4.6;
6.       Capacita-nos a dizer com convicção “Jesus é Senhor”. 1Co 12.3;
7.       Revela a Cristo. Jo 15.26; 16.14, 15; 1Co 2.10, 11;
8.       Revela a verdade de Deus. Ne 9.20; Jo 14.16, 17, 26; 16.13, 14; 1Co 2.9-16;
9.       Capacita-nos a distinguir entre a verdade e o erro. 1Jo 4.1-3;
10.    Torna o crente parte da Igreja de Deus. 1Co 12.13;
11.    É concedido a todos que o pedirem. Lc 11.13;
12.    Batiza-nos no corpo de Cristo. 1Co 12.13;
13.    É aquele no qual Cristo nos batiza. Mt 3.11; Mc 1.8; Lc 3.16; Jo 1.33; At 1.4, 5; 11.16;
14.    Enche o crente. Lc 1.15, 41, 67; At 2.4; 4.8, 31; 6.3-5; 7.55; 11.24; 13.9, 52; Ef 5.18; Êx 31.3; Jz 14.19; 1Sm 10.10;
15.    Dá poder e destemor para testemunhar. Lc 1.15-17; 24.47-49; At 1.8; 4.31; 6.9, 10; 19.6; Rm 9.1-3;
16.    Dá dons espirituais. Mc 16.17, 18; 1Co 1.7; 12.7-11; 1Pe 4.10, 11;
17.    Dá visões e profecia. Jl 2.28, 29; At 2.17, 18; 10.9-22; 1Co 14.1-5, 21-25;
18.    Produz em nós seu fruto. Rm 14.17; 1Co 13; Gl 5.22, 23; 1Ts 1.6;
19.    Capacita o crente a viver uma vida santa. Sl 51.10-12; 143.10; Ez 11.19, 20; 37.26; Rm 8.4-10; 15.16; Gl 5.16-18, 25; Fp 2.12, 13; 2Ts 2.13; 1Pe 1.2;
20.    Liberta o crente do poder do pecado. Rm 8.2; Ef 3.16;
21.    Capacita o crente a lutar contra satanás, armado com a Palavra. Ef 6.17;
22.     Capacita o crente a falar em momentos difíceis. Mt 10.17-20; Mc 13.11; Lc 12.11, 12;
23.    Dá consolo e encorajamento. Jo 14.17, 18, 26, 27; At 9.31;
24.    Ajuda o crente a orar. At 4.23, 24; Rm 8.26; Ef 6.18; Jd 20;
25.    Capacita o crente a adorar. Jo 4.23, 24; At 10.46; Ef 5.18, 19; Fp 3.3;
26.    Entristece-se pelo nosso pecado. Gn 6.3; Ef 4.30; Mt 12.31, 32;
27.    É nosso penhor na redenção final. 2Co 1.22; 5.5; Ef 1.13, 14;
28.    Faz-nos ansiar pela volta de Cristo. Rm 8.23; Ap 22.20;
29.    Vivifica o nosso corpo mortal. Rm 8.11;

E.O Espírito Santo em relação ao pecador.
1.       Convence do pecado, da justiça e do juízo. Jo 16.7-11;
2.       Comissiona os crentes a proclamar o evangelho aos pecadores. At 1.8; 2.17-21; 4.31; 11.12-18; 13.1-4;
3.       Revela a verdade salvífica do evangelho.  Lc 4.18, 19; Jo 15.26, 27; At 4.8; 11.15-18; 14.3; 1Co 2.4, 12; 1Ts 1.5;
Mensagens Bíblicas Cristo Vive.
                 
“Subsídios da Bíblia de Estudo Pentecostal, edição Almeida Revista e Corrigida”.

 Este artigo está liberado para todos os tipos de cópias, desde que não seja com fins lucrativos. É solicitado que ao copiar seja citado o nome do autor e da fonte da coleta ao lado do link ativo. Pr. Jules Rimet; Palavra Revelada (Rhema); http://www.prjulesrimet.blogspot.com